quinta-feira, 28 de abril de 2011

domingo, 24 de abril de 2011

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Novo kusudama

1° de abril!!!

É... pensei que tivesse dobrado um novo kusudama...Oh! Ledo engano! Doce ilusão!

Numa tarde de domingo, dobra daqui, dobra dali, me apareceu isso:


Procurei em alguns blogs e sites algo parecido. Não encontrei. Pedi ajuda, então, a Isa Klein, grande conhecedora e criadora de origami modular. Aí... ela me mostrou que era semelhante ao conhecido (e belíssimo) Chrysanthemun Leroy, de Carlos Cabrino.

Eu já dobrei um Chrysanthemun, mas com a dobrinha no meio e, por isso, não reconheci o danado! Erro de principiante (e é o que sou, mesmo). Mas Isa me disse que eu poderia considerar o meu modelo uma variação da obra de Cabrino. Apenas uma variação, pois não considero tão bom como o original (que é perfeito), já que não consegui fazer um encaixe. Tive que usar a famigerada cola.

Então, muito humildemente (baixando a bola...) esse é o primeiro resultado da minha aventura no mundo das criações em papel. Alguém já deve estar pensando: "Ih! Ela tá se achando!!". Não é isso, não. É que estou tão maravilhada, tão entusiasmada com o mundo do origami, que eu estou meio "doidona".  E gostaria de compartilhar com vocês esse meu deslumbramento com essa arte que me fascina. Apenas isso. Quem dobra sabe que o processo natural ( depois de muito gastar os dedos e os miolos ) é chegar à criação. É um caminho longo e já vi que não adianta me precipitar...Mas é o que espero que todos nós, dobradores de papel, consigamos.


Três maneiras de montar este kusudama: com 30, 15 e 5 peças.


E aqui, no "avesso", também em três tamanhos.


Agradeço imensamente a Isa que, com muita paciência e carinho, me aconselhou e orientou.

Um grande abraço.


Aqui o vídeo.