sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

e termina com uma cartinha...


  Começou com uma vontade enorme, como na juventude, de escrever cartas. Trocar correspondência. Relembrar os tempos dos cartões postais, dos papéis de carta, dos envelopes riscados de vermelho e azul, verde e vermelho, dos selos, da ansiedade à espera do carteiro, dos "petit paquet"... Fazer amigos do outro lado do mundo. Cores, culturas e credos diversos. 
   Começou com uma cartinha. Como uma cartinha. E devagar foi se transformando em papel, não de carta, mas papel de dobrar. Dobrar origami. Uma arte que já conhecia de criança, mas não sabia. Quantos "marcha soldado" com chapéus feitos de jornal e quantos barquinhos perdidos na enxurrada! 
    Foram pouco mais de cinco anos de textos que viraram frases que viraram fotos. A ânsia de escrever deu lugar à de dobrar. Um "admirável mundo novo" se abriu para mim e descobri que a arte de dobrar papel não se limitava a chapéus e barcos. 
   Foi uma busca incansável por modelos, autores e papéis. Uma necessidade de dobrar algo todos os dias, de ter um pedaço de papel entre os dedos a todo momento. Um vício que, graças às redes sociais, foi compartilhado com outros viciados. Fui conhecendo os mestres, os iniciantes como eu, a turma dos modulares, as feras que dobravam feras. O pessoal do origami é gente boa.
    Dobrei. Dobrei muito. Freneticamente.
   Nestes cinco anos o origami me deu muitas alegrias e outras tantas decepções e tristezas, mas não passou por mim como uma ocupação qualquer. É inegável que mudou minha vida. 
    E chega um momento em que tudo muda... Quando a alegria e o entusiasmo dão lugar ao cansaço, à mágoa e à tristeza é porque a brincadeira perdeu a graça... Aí é tempo de parar e pensar. 
   É por isso que termino aqui a cartinha. 
   Termino agradecendo a todos que passaram por aqui e pararam um minutinho lendo, observando ou deixando um comentário. Agradeço aos autores por compartilhar seus diagramas e nos proporcionar o prazer de dobrar. Agradeço aos amigos pelas palavras de ânimo. Agradeço à família pela paciência, carinho e apoio.
   Foi muito bom!

   Um grande abraço,

   Yara






    
   

20 comentários:

cridiana disse...

Hi Yara!
I am sorry you started the year with such a sad notice.
I think everyone has this kind of moment, when a break from origami is revealing at the horizon, but then one will come with fresh ideas and wonderful creations after a period.
I hope it is just a break for you too. Your posts bring a note of joy in my daily origami life and it will be a pity to lose it.

Yara Yagi disse...

Dear Diana, your words bring me some comfort and relief. Thank you so much!
I'm sad with some friends (because I was helping them in several and differents works).
One says that people don't disappoint us, but we do expect too much from people... I don't know...
Anyway, "tomorrow is another day"! :)
And I'm so happy to have friends like you!
Thank you very much for your kind words, my friend!
Have a wonderful year! We'll keep in touch.

Flaviane Koti disse...

Taí uma notícia que eu não esperava, mas se for para o seu melhor, segue em frente menina! O importante é fazer o que te faz feliz. Minha admiração e respeito continuaram e quem sabe um dia, ainda passamos "desvirtualizar" essa amizade, rs...se cuida! Bjs

Yara Yagi disse...

Hehe! Nem eu... Fiquei magoada com algumas atitudes e justamente de pessoas que eu não esperava.
Do origami não desisto (é a minha paixão) e continuo com ele "comercialmente", fazendo buquês. Mas preciso dar um tempo quanto às outras ocupações relacionadas a ele.
Mas como nada nessa vida é definitivo ("nunca diga nunca") quem sabe o carteiro não volta? :)
Obrigada pelas palavras, Flaviane! Você não sabe o bem que elas fazem! E sim, um dia desvirtualizamos essa amizade! :))
Beijo grande!

Flaviane Koti disse...

Ahh! Gostei dessa parte do "nada é definitivo" e te entendo qdo fala de decepções com pessoas. Mesmo no Origami, nem tudo são flores. Tive algumas decepções com pessoas, que me fizeram pensar em abandonar tudo mas, taurina que sou, teimosa me confirmo, e persistente eu sigo, rs. O Origami é mais que uma paixão, um amor para vida toda, como tal, dá trabalho, mas dá prazer e muitas alegrias, então, qdo quiser "trocar figurinhas, cartinhas ou papeizinhos" estarei por aqui, a um clique de distância. Bjs, bjs

Yara Yagi disse...

E aquariana que sou, muitas vezes caio das nuvens em que vivo... :)
É bom saber que podemos trocar cartinhas! rs. Obrigada pela força e pelo carinho! Você também tem meu respeito e minha admiração.
Obrigada por tudo, Flaviane!
Que seu 2015 seja iluminado! Beijos

alejandra isabel disse...

Yara vamos a lamentar no seguir disfrutando tus excelentes trabajo, es un gusto haberte conocido a la distancia. Que tengas un lindo 2015.
Alejandra (cultogami)

Yara Yagi disse...

Muchísimas gracias por tus bellas palabras, Alejandra!
Ha sido un placer compartir ideas y pliegues con vosotros amigos!
Un muy feliz 2015 a ti también!
Un abrazo!

Vera Young disse...

Querida Yara, volto logo... Vamos sentir muita falta de seu bom humor e elegância! Como poucos você pratica a arte da gentileza e a virtude do respeito!
Um beijo carinhoso... Até breve!
Vera Young

Vania Passos disse...

Yara, nunca conversamos muito, pois também tenho minhas fases de mulher invisível. Mas observadora não consigo deixar de ser, e seu lindo trabalho, seu bom gosto incluindo as fotos, farão falta na rolagem da minha telinha. Vou ficar na torcida para que seja só uma fase. Fica bem! Bjs

Yara Yagi disse...

Querida Vera, volto sim. É só o tempo de colocar as ideias em ordem porque, afinal, não vivo sem origami! :)
Muito obrigada pelo carinho e apoio.
Um abraço apertado!

Yara Yagi disse...

Haha! Gostei da "fase mulher invisível!
Obrigada pela força, Vania! Saiba que a admiração é mútua. Pessoas como você, Vera e Flaviane são um verdadeiro tesouro!
Vou dar um tempo com muitas coisas, mas com as flores continuo. :)
Beijo grande e até mais!

plegándome disse...

Creo entenderte Yara, yo también he pasado diferentes épocas con más o menos ánimos.
El origami también me ha traido cosas maravillosas como conocerte.
Un beso muy fuerte, yo seguiré mirando el buzón por si llega alguna carta inesperada.

Yara Yagi disse...

Ah, David, no sabes cómo me confortan tus palabras!
Ahora me dedico a las flores, pero creo que pronto encontrarás una carta inesperada en el buzón... :)
Gracias por todo!
Un beso muy fuerte!

Helô Mayumi disse...

😢

Yara Yagi disse...

É, Helô, cansei... de certas coisas.
Parando, refletindo...mas não desistindo do Origami! :)
Continuo com as flores. Só eu e as flores!
Mas tudo passa. Menos os amigos! Vocês estão sempre presentes!
Obrigada! :*

Deinha disse...

Querida Yara!Entendo seu momento, até porque estou no momento parada. Praticar a arte de parar é essencial para podermos avaliar, refletir e depois num momento mais oportuno voltar.Gosto muito do seu trabalho e ainda anseio ver livros ilustrados pelo seu talento, pois você tem uma grande sensibilidade para fazê-los.Nunca desista! Um grande beijo para você!

Yara Yagi disse...

Ah, Deinha, que saudade, minha amiga querida!
É tão bom ler suas palavras! Eu sei que você entende direitinho.
Mas como dizem, nesta vida tudo é passageiro. E nada como esses momentos para ensinar a gente a refletir, a pensar na vida. :)
Muito obrigada pelo carinho e apoio. Suas palavras sempre trazem luz!
Um beijo grande!

Bluest Dragonfly disse...

Queridísima Yara, Sé que te alegrará saber que por fin después de años de espera mi orquídea, aquella sobre la que me diste consejos, por fin ha echado una vara floral. Estoy feliz, llevaba unos 6 años esperando pacientemente, ilusionada en vano por varas que se convirtieron en raíces pero ya ves...esas raíces la hicieron más fuerte. Things happen for a reason, sweet Yara :)
Tanto en la vida como entre las flores, que es dónde te encontré, querida amiga.
Un abrazo enorme, Liliana

Yara Yagi disse...

Ah, queridísima Liliana!!!! Tus sabias palabras siempre llegan en el momento cierto! Es verdad, todo tiene una razón... Y aprendemos tanto! :)
Me alegra saber que por fin tu orquidea florece! En el tiempo cierto! ;)
Gracias por todo, mi querida amiga!!
Te mando un fuerte abrazo!